Menu fechado

Alunos voluntários participam de Acampamento VIDES

Alunos voluntários do UNIFATEA participam do Acampamento Vides para adolescentes, que foi realizado entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro de 2018, na escola de Jécia Pinheiro e Obra Social das Filhas de Maria Auxiliadora, em Itapevi.

Ao total, participaram do acampamento 60 voluntários, vindos de doze presenças da FMA (Filhas de Maria Auxiliadora – salesianas). A coordenadora da Pastoral Universitária do UNIFATEA, irmã Silvana Soares, acompanhou os estudantes do UNIFATEA no acampamento. Participaram os alunos: Alvaro Oliveira, Ariana Lopes e Maria Gabriela Campos.

No primeiro dia, após a acolhida, foi realizado um momento de apresentação do espaço e da obra onde atua a Comunidade educativa. Na oportunidade, a diretora da obra social e escola Jécia Pinheiro, Ir. Maria do Carmo Souza, falou sobre a missão que se desenvolve no local.

Em seguida, Ir. Metka Kastelic, delegada do VIDES SP fez a abertura, acolhendo e motivando a experiência do acampamento de voluntariado, explicou o tema que inspirou o evento: “Minha vida pode mudar o mundo”. Após, os voluntários participaram de uma dinâmica de conhecimento e troca de experiências de voluntariado que cada grupo está realizando localmente.

Na mesma noite, nasceu o hino do evento, criado em um instante pela noviça Celene e a assessora Sara: “Minha vida pode mudar o mundo, preciso estar com os olhos e os ouvidos atentos, para perceber onde atuar e amar”.

A Inspetora, Ir. Helena Gesser, também se fez presente, por meio de um áudio mensagem aos jovens e participantes. Na oportunidade, ressaltou a urgência e a necessidade de que cada pessoa possa dar o melhor de si e olhar o mundo que está ao redor precisando da ajuda. “Coragem, vão para frente. Vocês são capazes!”

“O mundo precisa de pessoas responsáveis, disponíveis e generosas”, foram as palavras da Ir. Helena Gesser, que finalizaram o primeiro dia de encontro.

No segundo dia, foi iniciada a jornada com a formação salesiana. A noviça Celene Couto conduziu uma reflexão retomando a história da infância de Joãozinho e Main, mostrando como ambos na infância e juventude foram sensíveis à atitude prática de fazer o bem e viverem pequenas ações de voluntariado para as crianças e jovens do seu tempo. E assim, os grupos puderam discutir e conversar sobre as características de Dom Bosco e Maria Domingas Mazzarello.

Após a reflexão, os voluntários foram divididos em pequenos grupos, e colocaram em prática a ação do voluntariado colaborando para a melhoria dos ambientes da obra social: organização da biblioteca, pintura do parquinho, organização do jardim e da horta, pintura dos jogos no pátio. À noite o grupo realizou uma partilha da experiência e um momento de confraternização e amizade por meio de um Lual.

O último dia de acampamento, dia 2 de setembro, começou com a visita nos locais onde os voluntários realizaram uma ação de cuidado. Os representantes dos grupos apresentaram o trabalho feito e definiram a experiência por meio de uma palavra.

Ir. Metka retomou a reflexão dizendo o quanto os jovens são capazes e que os adultos precisam mudar a percepção que tem sobre a juventude, e acreditar mais na capacidade dos jovens.

Em seguida, o grupo acolheu a Gestora das Obras sociais da Inspetoria Santa Catarina, Rose Gomes e dedicou uma parte de manhã a conhecer a Rede Salesiana de Ação Social.

Depois o grupo fez um momento de reflexão sobre as ações concretas que pretendem realizar, especialmente em favor das meninas que muitas vezes não podem realizar o seu projeto de vida.

Em síntese, o grupo, de forma geral, se propôs a fortalecer os projetos articulando e planejando as diversas ações de voluntariado.

Para encerrar foi realizada uma Celebração com uma oração pela Paz no mundo.

“Deixamos o acampamento em Itapevi com uma mudança visível, mas, sobretudo conscientes de que os dias de convivência e partilha também mudou as nossas vidas”, afirma a coordenadora da Pastoral Universitária do UNIFATEA, Irmã Silvana Soares.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: