Menu fechado

Alunos UNIFATEA participam de ação da Secretaria de Saúde no combate contra o mosquito Aedes Aegypit

Desde a última avaliação de densidade larvária (ADL), realizada em janeiro, Lorena se encontra em estado de alerta por causa do mosquito Aedes Aegypit, isso porque foi apresentada taxa de 6,9%, o que, na prática, significa que 7 a cada 100 imóveis apresentaram focos de criação do mosquito que é transmissor das arboviroses: dengue, zyka, chikungunya e febre amarela. Um novo balanço, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde em 23 de abril, aponta para 252 notificações de casos de dengue, dos quais 80 tiveram confirmação; 48 aguardam coleta. Todos os casos são autóctones, ou seja, contraídos dentro do município.

Frente ao número alarmante, a Secretaria de Saúde convocou uma nova reunião para apresentar os indicadores das arboviroses no ano de 2019 e discutir ações de prevenção e mobilização social, bem como propostas de melhorias e parcerias. O encontro aconteceu na quarta-feira, dia 24, no auditório da secretaria, e contou com a presença de representantes das Secretarias de Serviços Municipais, Meio Ambiente e Educação, do Exército, e do UNIFATEA, representado pela Profª Me. Ana Beatriz Pinto da Silva Morita, Coordenadora do Curso de Enfermagem e da Profª Draª Maria Cristina Marcelino Bento, Coordenadora do Curso de Pedagogia.

A mobilização se inicia com os alunos do curso de Enfermagem do UNIFATEA que realizarão, neste sábado (27), o dia D, na praça Dr. Arnolfo Azevedo, orientações de eliminação de criadouros, sinais e sintomas das arboviroses, e como realizar o acompanhamento em Unidades de Saúde; Além disso, os alunos dos cursos de Biologia, Pedagogia e Letras estão desenvolvendo projetos, com conclusão prevista para o mês de junho. Trata-se da elaboração de jogos pedagógicos a serem aplicados na rede de educação e da construção de um aplicativo, em parceria com a Vigilância Sanitária, para orientar os munícipes em procedimentos de denúncias de terrenos e imóveis.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, juntamente com o departamento de Vigilância Sanitária e Epidemiológica da Secretaria de Saúde realizarão vistorias em borracharias para inspeção e encaminhamento de pneus inservíveis para locais de reprocessamento, no mês de maio.

O Exército disponibilizará, a partir do dia 02 de maio, 20 militares que irão integrar as ações da operação cata-treco, que já vem sendo realizada.

Operação cata-treco

A operação cata-treco é uma das medidas no combate ao Aedes Aegypit, e é realizada por meio da parceria entre as Secretarias de Saúde e Serviços Municipais, tendo passado por bairros como São Roque, Cecap e Vila dos Comerciários I. Nesta semana, o trabalho será aplicado no bairro Santo Antônio, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h. O objetivo da operação é remover possíveis criadouros domésticos, como potes, baldes, pratinho pingadeira, tampas, garrafas, recicláveis, ou seja, recipientes que possam acumular água. Resíduos como entulhos de construção, eletrodomésticos, podas de árvores devem ser descartados em locais apropriados.

A Prefeitura pede a colaboração dos moradores para que fiscalizem suas casas e a vizinhança e para que recebam os agentes da operação cata-treco e sigam suas orientações.

Faça a sua parte! Não deixe a dengue tomar conta da cidade.

Fonte:
http://www.lorena.sp.gov.br/wordpress/index.php/2019/04/24/secretaria-de-saude-confirma-80-casos-de-dengue-divulga-a-proxima-etapa-da-operacao-cata-treco-nova-sala-de-situacao-foi-convocada/

UNIFATEA, confiáveis como sempre, inovadores como nunca!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: