Menu fechado

Alunos do UNIFATEA realizam semana missionária durante o feriado em Piquete.

Por Rafaela Oliveira

Fotos: Ir. Silvana Soares

Alegria, amor e caridade, com esse espírito os alunos e ex-alunos da Pastoral da Universidade (PDU) do Centro Universitário Teresa D’Ávila, UNIFATEA, estiveram com as irmãs Filhas de Maria Auxiliadora, Silvana Soares e Cláudia Ribeiro, no dia 20, feriado de Corpus Christi, na cidade de Piquete/SP, realizando a experiência missionária 2019.

Com encontros que acontecem uma vez por semana durante o intervalo na sede da PDU, localizada dentro do próprio espaço da instituição, os jovens realizam a formação e organizam as atividades, a alimentação e o espaço onde devem ficar na missão. A semana missionária é tradicional nas casas Salesianas, geralmente nos colégios com os adolescentes, porém desde 2014 o UNIFATEA, está integrado no projeto e levou através dos universitários, a alegria da missão para diversas cidades do Vale do Paraíba, como: Roseira, Potim, Guaratinguetá, Cunha e agora, Piquete.

Recebidos de braços abertos na cidade do famoso “Pico dos Marins”, pela Paróquia de São Miguel Arcanjo, e grupo “Tribo”, um movimento católico famoso naquela região, os estudantes e outros já formados alunos da casa, reuniram o conhecimento de variados cursos. Entre eles: Arquitetura, Administração, Biologia, Enfermagem, Jornalismo e Pedagogia.

 Luana Souza, aluna do sexto período do curso de Pedagogia, participa pelo segundo ano consecutivo e explica que fazer parte desta vivência é realizar o que pede o líder da Igreja Católica no mundo, Papa Francisco, e ser a “igreja em saída”. “Participar da Semana Missionária foi uma experiência incrível, na qual pudemos colocar nossos dons a serviço dos irmãos. Fomos igreja em saída, nas visitas às casas ouvimos histórias de fé, e naquele momento fomos a presença de Jesus para os irmãos. Brincar com as crianças nos despertou tantos sentimentos, amor, alegria e esperança”. Afirma Luana.

A missão que contou com um pequeno grupo de dez pessoas começou cedo, com a preparação do Tapete de Corpus Christi, onde os missionários ajudaram na confecção ganhando um pedaço especial no tradicional ato. Além disso, os jovens participaram de toda celebração litúrgica do dia.

 Já na sexta-feira ficou a cargo dos missionários que levassem à Vila Cristiana, comunidade mais afastada da paróquia, todo o ritual como a benção nas casas, na parte da tarde aconteceu atividade no oratório que marca a missão Salesiana.

Apesar de vir do termo “oração”, para o fundador do tradicional oratório em 1565, São Filipe Neri o “Santo da Alegria”, esta era uma prática de recreação em clima de família e seguro para as crianças, adolescentes e jovens após os momentos de oração.

Três séculos depois, com base nisto, Dom Bosco, pai da família Salesiana, revolucionou esta experiência educativa, abrangendo o oratório de maneira diferenciada aos órfãos, menos desfavorecidos e infratores da época na esperança de resgatar aqueles jovens usando brincadeiras, esporte a conversa para formar novos cidadãos. Assim, até hoje os oratórios salesianos com a alegria levam a essas comunidades a Amorevolezza do sistema preventivo de São João Bosco.

No penúltimo dia os jovens visitaram a comunidade carente de Vila Santa Isabel, onde puderam conhecer uma outra realidade levando mais uma vez a alegria do oratório aquelas famílias que tanto necessitavam. O aluno do primeiro período do curso de Administração, Willians Alexandre, participou pela primeira vez da experiência missionária e expressa o desejo de realizar novamente a atividade. “Eu não conhecia muito o trabalho, e o que fica para mim é a salesianidade de brincar com as crianças, de aprender lidar com ela, de fazer a vivência com pessoas de outros cursos que eu não conhecia, e eu quero voltar”. Afirma o estudante.

  

Para fechar as atividades os jovens participaram da celebração do domingo de manhã presidida pelo pároco Padre Fernando Alves Sampaio, que agradeceu ao trabalho realizado e pediu que universidade volte para realizar novos trabalhos no município. Por fim, como última atividade os missionários encenaram a homilia para as crianças da paróquia, com o tema “Quem é Jesus para você?”, mostrando que Jesus está em todo aquele que diariamente necessita de sua ajuda, e assim como Jesus está nele, você ao ajudar será Jesus para ele.

UNIFATEA, confiáveis como sempre, inovadores como nunca!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: