Menu fechado

Educadores Sem Fronteiras participam de encerramento em Cacuaco, na Angola

“Gratidão! Eis uma palavra repleta de significados, que se tornam inexprimíveis, em palavras, à luz daquilo que vivenciamos ao longo dos últimos cinco dias. Gratidão é um sentimento de reconhecimento, de profunda emoção e encontro. O grupo de educadores que acompanhou o seminário era de aproximadamente 120 pessoas, que em prol da construção de uma educação emancipadora, deslocaram-se de diversas localidades e percorreram muitos quilômetros, para juntos, em fraternidade e união construir encaminhamentos por um mundo melhor. Nós formadores, certamente aprendemos muito mais do que ensinamos, em vista do fato de que para cá viemos, imbuídos do desejo de partilhar, e essa partilha de fato foi vivenciada. Encontramos sorrisos, alegria, vigor e coragem em cada um dos irmãos angolanos que aqui conhecemos. 
Estamos repletos de amor e carinho, e hoje, no epílogo de nossa jornada, escolhemos agradecer, recorrendo à beleza da imagem para expressar aquilo que transborda em nossos corações. Somos hoje, mais do que nunca, uma família de amor e educação sem fronteiras.
Nossa gratidão, e a certeza de que juntos, da nossa semeadura, brotaram flores.
Com amor, nosso muito obrigado.
Educadores Sem Fronteiras
Cauê, Mara, Michael, Silvanna, Tatyane e Ir, Silvana.

Fotos: Silvanna Delari.

Cacuaco – Angola. 21 de julho.

Quase no crepúsculo.
Neves e Sousa – Poema Angolano

*ANGOLANO*
Ser angolano é meu fado e meu castigo 
Branco eu sou e pois já não consigo
Mudar jamais de cor e condição
Mas, será que tem cor o coração?
Ser africano não é questão de cor
É sentimento, vocação, talvez amor.
Não é questão, nem mesmo de bandeiras,
De língua, de costumes ou maneiras…
A questão é de dentro, é sentimento
E nas parecenças doutras terras,
Longe das disputas e das guerras
Encontro na distância esquecimento.

Mais fotos, acesse: http://www.facebook.com/unifatea

UNIFATEA, confiáveis como sempre, inovadores como nunca!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: