Menu fechado

Empreendedorismo cresce e população feminina avança na atividade dos negócios

Por Daniel Correa – 4º ano do curso de Jornalismo

O empreendedorismo é criação e imaginação, fundamentado no desenvolvimento de novos produtos e técnicas. Esse ato de empreender está ligado a capacidade de ter autonomia aliada nas competências, profissionais e pessoais, na criação de algo inovador e que irá representar valores. De acordo com uma pesquisa feita em 2018, pela GEM (Global Entrepreneurship Monitor) com parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o Brasil tem cerca de 52 milhões de brasileiros envolvidos em alguma atividade empreendedora.

Para ser um empreendedor de sucesso, de acordo com a metodologia da EMPRETEC, metodologia criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), há 10 características que podem contribuir para o desenvolvimento das habilidades, como: iniciativa, persistência, planejamento, eficiência, comprometimento, envolvimento pessoal, propósitos mensuráveis, monitoramentos sistemáticos, rede de contatos e autoconfiança.

Características que fizeram as mulheres ganhar destaque no mercado empreendedor, é o que aponta o estudo da União de Gestão Estratégica do Sebrae Nacional, sobre Empreendedorismo Feminino no Brasil, de março de 2019.

No relatório, o Brasil teve a 7ª maior proporção de mulheres nos Empreendedores Iniciais (em 49 países). Em 2017, foi a 3ª maior, em 2018.

Para conhecer melhor a atuação do perfil e saber de suas áreas, o estagiário do curso de Jornalismo, Daniel Correa, entrevistou a Presidente do Conselho da Mulher Empreendedora de Guaratinguetá/SP (CMEG), Augusta Vieira.

Qual o principal conceito do empreendedorismo feminino?

A definição de empreendedorismo vem se modificando ao logo do tempo, e hoje pode ser interpretada como inovação, transformação da sociedade, riscos e criação de riqueza para o desenvolvimento de novos negócios.
Quanto ao empreendedorismo feminino, é necessária uma análise mais criteriosa devido às diferenças estruturais entre os sexos, bem como as questões sociais, culturais, emocionais, entre outras. As mulheres empreendedoras tendem a trazer para a sua atividade profissional a sensibilidade, intuição, o cuidado e a capacidade de ser multi-tarefas, características próprias do feminino.

Como esse empreendedorismo atua no mercado?

Ao longo dos anos, a mulher mostrou uma maneira diferente de se destacar no mercado de trabalho, através de sua força, habilidade e competência na rotina e enfrentamento dos desafios. Essa mudança de paradigma é impulsionada a partir da década de 70, em plena expansão econômica, urbana e industrial, trazendo por outro lado, fatores negativos como carga horária excessiva e baixo salário (cerca de 60% abaixo dos homens). A atuação do empreendedorismo feminino, é marcada pelos desafios que a mulher enfrentou para a sua inserção no mercado de trabalho e pelas características próprias do feminino.


Quais os benefícios encontrados nessa perspectiva?

Na grande maioria das vezes, para as mulheres, a satisfação pessoal tem um peso mais significativo que a questão salarial. Para elas o que fala mais alto é saber da sua força, da sua independência, sua autonomia e o desempenho do seu papel na sociedade. As barreiras sociais estão sendo gradativamente rompidas. A mulher ainda enfrenta obstáculos e desafios, em contraste com a figura masculina que detém mais facilidades e benefícios.

Quem são as principais beneficiadas?

Sem dúvida nenhuma a sociedade de maneira geral, a própria empreendedora, protagonista da sua história e principalmente as novas gerações que com certeza terão um olhar voltado para o coletivo e o respeito à diversidade.

Qual a mensagem que o empreendedorismo pode passar?

Ao se apropriar de suas características (cuidado, sensibilidade, intuição, versatilidade e força), a mulher tem capacidade de inovar, transformar e crescer. Isso não quer dizer que as mulheres são melhores que os homens, e sim uma forma diferente de trabalhar.

Em meio a tantas conquistas, o que o empreendedorismo feminino pode conquistar com as mulheres que estão iniciando no mercado?

É visível o destaque da mulher no mundo dos negócios, porém há um longo caminho a ser percorrido. Uma coisa é certa: foco, disciplina, objetivo, determinação e capacitação são requisitos fundamentais nessa jornada.
Essas combinações, aliadas ao olhar feminino podem fazer a diferença no mundo dos negócios.

Saiba mais sobre nosso curso de Administração: https://unifatea.edu.br/bacharelado/administracao/

Vestibular 2020, inscrições abertas: https://unifatea.edu.br/vestibular/

UNIFATEA, confiáveis como sempre, inovadores como nunca!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir
Abrir WhatsApp.
Precisa de ajuda? Clique aqui.
Olá!
Você tem dúvidas?
Clique em "Abrir WhatsApp" para te ajudamos
%d blogueiros gostam disto: