Menu fechado

Veja as recomendações práticas de prevenção do Coronavírus

A professora, pesquisadora e coordenadora do curso de Enfermagem do UNIFATEA, Profª Ana Beatriz Morita, explica em entrevista detalhes sobre o Coronavírus:

1. Quais as recomendações sobre o coronavírus no sistema de saúde? Como está a realidade hoje?

A definição de paciente suspeito é aquele que apresenta febre seguido de mais um sintoma respiratório, como tosse, coriza, dor de garganta e dificuldade de respirar. Na sexta feira (13), o Governador do Estado de São Paulo, João Doria, junto ao Ministro da Saúde, Luiz Mandetta, confirmaram que já estamos com transmissão comunitária do vírus, ou seja, não depende só daquelas pessoas com histórico de viagem em países com caso confirmado da doença.

Conhecendo a doença:

Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.

Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Porém, alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto em termos de saúde pública, como já verificado com a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002, e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.

A doença provocada pelo novo coronavírus chama-se COVID-19. Cerca de 80% dos casos são leves, e 5%, graves.

São mais de 132 mil infectados e de 4.947 mortos ao redor do mundo. O Brasil confirmou 200 casos. Os países mais afetados são China, Itália, Irã e Coréia do Sul, sendo que na China houve mais de 80.981 casos até o momento.

A transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • Gotículas de saliva;
  • Espirro;
  • Tosse;
  • Catarro;
  • Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão com pessoa infectada;
  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

2. O que as pessoas estão fazendo de errado em relação a doença e a prevenção?

A desinformação, as fake news, o pânico e histeria e o desdenho. Devemos estar sempre em alerta.

É o desconhecimento muitas vezes da utilização das precauções, como por exemplo, o uso de máscaras desnecessárias. A máscara é utilizada apenas quando a pessoa possui sintomas gripais e precisa procurar um serviço de saúde. As pessoas sem sintomas não precisam fazer uso disso como prevenção. Estamos num momento em que é necessário utilizar os Epi´s de forma correta, pois devido a grande procura, já não encontramos mais máscaras e álcool gel com tanta facilidade no mercado para compra, além de causar apavoramento nas pessoas, o uso de máscaras dá uma falsa segurança de proteção, pois as orientações mais eficazes para prevenção são a higienização frequente das mãos, a prática da etiqueta respiratória, que é cobrir a tosse e o espirro com o antebraço ou com lenço descartável, e evitar aglomerações em geral, estando saudável e principalmente com sintomas respiratório, onde neste caso é recomendado o isolamento domiciliar.

3. Quais as recomendações práticas de prevenção, principalmente em locais públicos?

As principais orientações são:

  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
  • Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;
  • Deslocamentos/viagens não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;
  • Quem viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), além de evitar a circulação em mercados de animais e seus produtos.

Fonte oficial: https://coronavirus.saude.gov.br/

O UNIFATEA está seguindo as determinações do Governo do Estado e do Ministério da Saúde. O calendário oficial sofrerá alterações que serão disponibilizadas a partir de amanhã.

UNIFATEA, confiáveis como sempre, inovadores como nunca. Agora é EAD!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.