Menu fechado

Faça hoje o que é para ser feito hoje, amanhã é outro dia e com suas novas tarefas

Certamente já aconteceu com você. Tá na hora de fazer algo importante, mas você continua
empurrando para depois.

Procrastinar é justamente deixar para mais tarde algo que você deveria fazer agora. É o ato de
postergar a realização de alguma coisa importante que, se não for feita, pode trazer consequências indesejadas. Procrastinação acontece quando evitamos o início de uma atividade.

Vamos pensar num estudante que recebe a tarefa de escrever um artigo para entregar ao professor no prazo de um mês. Ele sabe que o artigo é complexo e difícil de fazer. Por isso deve começar a fazer o quanto antes para dar tempo. Mas aí, ele ouve uma notificação do Facebook e diz que só vai dar uma olhadinha e nessa ele acaba ficando horas, e quando percebe não conseguiu escrever nada naquele dia. No dia seguinte quando ele vai começar o
trabalho resolve sentar para ver um pouquinho de tv antes de começar. Acaba se acomodando no sofá e assiste um filme inteiro até o fim. Pensa: “Tudo bem, amanhã começo. Ainda tenho bastante tempo”.

Chegou o dia de entregar o trabalho e ele entrega como deu para fazer, embora pudesse ter feito melhor!! E a frase “deixo para depois” não apareceu no seu melhor artigo.

Temos mais exemplos que nos acontece no dia a dia, como: fazer uma dieta, começar uma academia, visitar uma amiga, marcar um cinema e você pensa que tudo isso pode fazer depois, e isso é procrastinar.

Uma característica da procrastinação é que enquanto estamos procrastinando nos sentimos ansiosos e culpados por não estar usando o tempo naquilo que sabemos ser importante.

Existe o nosso lado que diz: “Você tem que fazer isso. É importante para você”. Então cria-se uma tensão. Um conflito interno. Assim, além de deixar de obter os resultados que teríamos ao realizar a tarefa, ganhamos um estresse adicional. Um estresse e ansiedade que só aumentam à medida que o tempo vai passando e o prazo se esgotando.

O hábito da procrastinação pode comprometer a realização de uma série de coisas que consideramos importantes para a nossa vida. Por isso é algo que precisamos aprender a combater.

Aqui vão algumas dicas de como vencer a procrastinação para você retomar o controle das suas próprias atitudes quando chegam esses momentos:

  • Mantenha o foco na motivação
    Motive-se em você, tenha orgulho de você. Pense que seus esforços valerão a pena.
    Respeite suas metas.
  • Simplesmente comece o que precisa ser feito
    O mais difícil é começar, mas deixe de lado os pensamentos negativos e pense nos
    benefícios futuros.
  • Lembre que a ansiedade e o estresse de não fazer incomoda mais do que fazer
    Fazer as tarefas é bem melhor do que lidar com o estresse e a ansiedade. Leve sempre
    em consideração o seu bem-estar.

No fim das contas, para vencer a procrastinação é necessária ação. Quanto mais você procrastinar, pior vai ficar. Quando conseguimos parar de procrastinar, mesmo que momentaneamente, nos sentimos satisfeitos e contentes por nossa capacidade de realização.

Essas vitórias devem servir como uma grande fonte de motivação para fazê-lo tomar as atitudes necessárias.

Ei, você pode e vai vencer essa batalha!

Inspirada pelo livro: Táticas antienrolação (Livro Digital). Da autoria de Chico Montenegro.

Por Érica Moraes – formada em Letras pelo UNIFATEA 

Imagem capa:  Pedro da Silva on Unsplash

 

UNIFATEA, confiáveis como sempre, inovadores como nunca. Agora também é EAD!

Clique aqui e saiba mais!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: