Menu fechado

UNIFATEA lança Cursos Híbridos: Novas Oportunidades, Novos Momentos.

Os métodos de ensino se diferenciam por sua conduta pedagógica, oferecendo oportunidades a instituições que podem mesclar mais de uma pedagogia ao mesmo tempo. O Centro Universitário Teresa D’ Ávila, UNIFATEA, se aprofundou nestes métodos para uma nova tendência em 2021, o ensino Híbrido.

Em entrevista, o Coordenador e Professor do curso de Comunicação, Miguel A. de Oliveira Júnior, comentou sobre a nova modalidade.

A união do digital e o presencial é a novidade para este novo ano letivo que se aproxima, o ensino Híbrido. Como coordenador e professor, quais são as vantagens e as desvantagens  que se espera desse novo método?Sistema híbrido foi a alternativa mais interessante e a melhor para este momento. A gente viveu, desde março momentos de incertezas, e ainda estamos vivendo momentos de incertezas”.

“Acreditamos que poderia ser um, dois, três meses e nós já estamos encerrando o ano. Em vista de tudo isso, pensou em uma possibilidade de unir o que a gente tem de melhor para unir com esse novo formato para esse contexto. Desta forma, os alunos terão do mesmo jeito, as aulas práticas, e as unidades teóricas, com a mensalidade aproximadamente 50% menor. Então essa é a melhor alternativa que a gente tem, pensando nos alunos, pensando na questão financeira dos alunos, sem que perca a qualidade do ensino.”

Sobre o método de ensino online simulando o presencial, como garantir que o nível e a qualidade serão repassados para os alunos de forma clara e efetiva, com este novo método?

“Nós vivemos um momento de adaptação no primeiro semestre, de fato foi muito duro, mas em nenhum momento deixamos os alunos em uma situação complicada em relação ao processo de ensino. Nós passamos dessa fase de adaptação, nesse segundo semestre tudo fluiu muito bem, de acordo com aquilo que a gente podia fazer. A qualidade de ensino é a principal meta e o objetivo, não importa a modalidade. Os professores, coordenadores, e Instituição estão sempre unidos para fazer que o aluno tenha o ensino de qualidade e não perca em nenhum momento, nada que possa ser difundido, lançado, dentro da sala de aula.”

“Nós temos que pensar o seguinte, tem gente que tem dificuldade no presencial, tem gente que tem dificuldade no online.Então em todos os métodos nós vamos achar dificuldades, Qual é o melhor? Qual é o pior? É subjetivo. Então nós sempre precisamos encarar as formas de acordo com o contexto. O que será daqui a um ou dois anos? Qual sistema a gente vai ter que montar? Mantém o mesmo? Volta para o anterior? Então nós vamos precisar viver o momento, não tem jeito.”  

As expectativas para esta versão pedagógica são positivas. O UNIFATEA nos trouxe a oportunidade de “unir o útil e o agradável”,  utilizados para a concretização da aprendizagem do aluno, beneficiando de maneira ampla e de  forma mista tal desenvolvimento para 2021.

Para saber mais sobre esse novo estilo de educar, clique aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: