Menu fechado

Pobreza menstrual: com apoio de instituições lorenenses, rede de apoio às mulheres mobiliza arrecadação de produtos de higiene pessoal feminina

A Rede Mulheres pela Vida de Lorena – união que transforma, nasceu por uma iniciativa da sociedade civil com o objetivo de construir, promover ações e desenvolver projetos referentes às causas de mulheres em vários aspectos: Social, Espiritual, Financeiro, Saúde, Educacional, Psicológico e Direitos humanos.
No mês de maio a Rede Mulheres pela Vida, realizou a campanha denominada Pobreza Menstrual, que também pode ser chamada de “precariedade menstrual”, um termo dado por falta de acesso à produtos para manter uma boa higiene no período da menstruação, e está relacionada à pobreza, bem como a infraestrutura do seu ambiente, especialmente de saneamento básico. A Pobreza Menstrual afeta mulheres e meninas em todo o mundo. O acesso à produtos sanitários, espaços seguros e higiênicos são essenciais para quem menstrua. Mas para muitas, isso não é uma realidade. Este não é apenas um risco potencial para a saúde – também pode significar que a educação, seu bem-estar e, às vezes, vidas inteiras sejam afetadas.

Diante desta temática “Pobreza Menstrual”, foi realizada uma Live pela TV UNIFATEA com a Profa. Dra. Ciliana Antero, Dra. Fabia Maruco, Rogéria Fonseca e a Vereadora Wanessa Vieira, em que foram apresentados muitos problemas enfrentados principalmente pelas meninas, que em seu ciclo menstrual, por falta de absorventes, utilizam miolo de pão, jornais e paninhos, uma realidade em vários países. Sendo uma inspiração para a realização de uma Campanha para arrecadar produtos de higiene para as mulheres, entre eles, absorventes, para serem presenteados no mês dedicado às mulheres que são mães.
Foi assim, que nesta quarta-feira (26/05), a idealizadora do Projeto Rede Mulheres pela Vida, a empresária Rogéria Fonseca e a Coordenadora do NEXT-Relações Comunitária Rosana Montemor fizeram a entrega das 60 cestas de produtos de higiene pessoal feminina, com apoio de várias pessoas do município que serão entregues pelo CRAS 1, pela coordenadora Pedagógica Elaine Lopes para mulheres em vulnerabilidade social de Lorena, em que ela e sua equipe visitam suas casas.

O secretário da SADS, Claudio Luiz de Freitas agradeceu pela campanha e disse sobre a importância da Rede Mulheres pela Vida em Lorena, a qual, vem se fortalecendo em seu propósito, contribuindo com ações e reflexões de políticas públicas para o município.
A Rogéria Fonseca fez a entrega simbólica à duas mães de Lorena, e ressaltou, a importância das políticas públicas que venha contribuir ao acesso de absorventes em unidades básicas de saúde, escolas e entre outros espaços, e agradeceu todas as pessoas e empresas que contribuíram com a campanha.

A Rede Mulheres pela Vida tem apoio da SADS, Jornal o Lorenense, Empório Macadâmia, UNISAL, UNIFATEA, VALECAP PNEUS TRUCK CENTER, Prefeitura Municipal de Lorena, Fundação Olga de Sá e Rádio Inova 107,3.
Mais informações para participar deste projeto Rede Mulheres pela Vida-União que transforma. Entre em contato pelo NEXT – Relações Comunitárias – UNIFATEA pelo telefone (12) 2124-2818.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir
%d blogueiros gostam disto: