Menu fechado

Parque Tecnológico UNIFATEA recebe máquina de fabricação de carvão que foi projeto de um egresso do Mestrado Profissional em Design, Tecnologia e Inovação

Nesta segunda-feira, 21 de março, chegou ao Campo Tecnológico do UNIFATEA uma máquina de fabricação de carvão. As empresas estão  trabalhando a fim de revolucionar e contribuir de forma positiva na educação e no profissionalismo dos alunos da instituição.

A máquina para a fabricação de carvão é resultado do projeto do egresso Sandro Gomes que cursou nosso Programa de Mestrado Profissional em Design, Tecnologia e Inovação, sob a orientação dos professores Henrique Galvão e Rosinei Batista Ribeiro. O projeto prevê o processamento de misturas de biomassas por extrusão, ou seja, aproveitamento de resíduos de carvão vegetal (pó fino de carvão), a serragem de madeira, farinha de trigo e água, os quais dão origem aos briquetes, incluindo o carvão, sendo úteis para uso doméstico e industrial. A confecção da máquina foi crucial para prototipagem das amostras e depois submetidos aos testes físico-químicos pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas – IPT-USP.

Para a Irmã Vice-reitora Zenilde Aparecida, “O Parque Tecnológico Teresa D ́Ávila tem o objetivo de fomentar primeiro, o novo conceito de educação do ensino superior, levando a exponencia máxima da educação. Portanto, é incorporado em nossa metodologia, aos poucos, os processos pedagógicos e projetos integradores que tem como objetivo transformar a sala de aula para o empreendedorismo e soluções de questões reais”.

O Centro Universitário Teresa D´Ávila oferece o espaço para startups, de pré-incubação e incubação, conectando ideias dentro do Espaço Coworking. As empresas se instalam e podem usufruir da infraestrutura, assim, a conexão do poder público, privado e acadêmico é o diferencial, desenvolvendo o ambiente externo e interno universitário.

O Professor Henrique, membro da equipe de Gestão do Parque Tecnológico UNIFATEA e coordenador dos cursos de Pós-graduação da instituição, nos contou que em face aos resultados, “o projeto demonstra a viabilidade técnica e comercial, cujas oportunidades são vislumbradas pelo Sandro Gomes para empreender o negócio em nossa Incubadora aqui no PqTec UNIFATEA.”.

Já conhece o Parque Tecnológico UNIFATEA? Seja um de nossos parceiros! 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir
Abrir WhatsApp.
Precisa de ajuda? Clique aqui.
Olá!
Você tem dúvidas?
Clique em "Abrir WhatsApp" para te ajudamos
%d blogueiros gostam disto: