Menu fechado

Palavra da Semana: a força e o poder de se refazer

A partir desta semana, e em todas as segundas-feiras, vamos acompanhar a Palavra da Semana, com a Irmã Zenilde Aparecida Fontes, vice-reitora do Unifatea. Um momento de reflexão sobre nossa vida, relacionamentos, atitudes e comportamentos profissionais, sempre com o objetivo de ressignificarmos nossas visões e sentidos.

Confira o texto na íntegra:

A Fênix é uma ave mitológica que representa os ciclos da vida, o recomeço e a esperança num futuro melhor.

De origem egípcia, o mito está presente em várias culturas como a grega, romana, árabe e chinesa.

A Fênix era uma bela ave que possuía uma força extraordinária e podia viver quinhentos anos. Suas penas seriam vermelhas, enquanto o bico, a cauda e as garras seriam douradas.

Suas lágrimas podiam curar qualquer doença, possuía um lindo canto e ao final da vida entoava uma melodia triste.

Após isto, queimava-se, voltava a ressurgir e as cinzas que sobravam deste processo tinham a propriedade de ressuscitar os mortos.

Segundo algumas versões, a Fênix colocava um ovo e o chocava por três dias ao fim dos quais se produzia o incêndio. Outros afirmam que do fogo aparecia diretamente outra ave fênix.

Os cristãos também utilizam o pelicano como metáfora do renascimento e do sacrifício. Afinal, esta ave, quando não tem alimentos para dar aos seus filhotes, fere-se no peito para nutri-los com sua própria carne e sangue.

Significado da Fênix

A Fênix é uma ave que simboliza o renascimento, o triunfo de aspectos de vida sobre aspectos de morte, o eterno recomeçar, porém sem perder a essência ao se tratar sempre da mesma criatura.

Desta maneira, simboliza a vida e seus ciclos, a esperança, o fato de que é preciso dar a volta por cima nas situações adversas.

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Traduzir
Abrir WhatsApp.
Precisa de ajuda? Clique aqui.
Olá!
Você tem dúvidas?
Clique em "Abrir WhatsApp" para te ajudamos